Navigation
Networked Blogs
Twitter and News feeds
Search this site
« Seized by a sneeze - more from Kristie Cobb Hacke | Main | Foot in the Jackfruit - a guest post from Kristie Cobb-Hacke »
Sunday
Jan232011

Dia 2 Campanha Seward Johnson - A guest post from Gustavo Duarte

Gustavo Duarte is a PhD student with the Abrolhos expedition.  Here, he describes for Portuguese readers, Day 2 of the research cruise.  Gustavo has a blog at IPAq; you can read more there.

_________________________________________

Ontem o que fizemos basicamente foi combinar toda a estratégia de coleta para hoje. O submersível estava agendado para descer as 8:00 da manhã com dois pesquisadores: Clovis Castro, meu orientador do Museu Nacional e Shirley Pomponi, do Harbor Branch, além do piloto e do co-piloto.

O mergulho foi um sucesso total. Foram trazidas várias espécies de mar profundo. O destaque foi uma belíssima estrala do mar, vários caranguejos bem diferentes, um lirio do mar e várias espécies de corais vivos.

A temperatura da água durante o mergulho foi de 6˚C aos 700 m subindo para 8˚C aos 450 m. Na verdade o submersível desce até a profundidade máxima do mergulho e vai junto ao fundo até a profundidade mínima e então sobe a superfície.

Os corais estão nos aquários que estão por sua vez dentro de uma câmara fria, a tal “environmental chamber”. Lá eu tenho água do mar corrente saindo de uma torneira. Montei os fragmentos num suporte usando superbonder gel e depois durepoxi. Se sobreviverem até amanhã vou alimentá-los com naupilios de artêmia e plancton coletado pelo navio.

Deu muito trabalho triar todo o material, veio muita coisa diferente. Mais a noite eu tento postar as fotos. Agora estamos fazendo coleta de água em várias profundidades para medir nutrientes, penetração da luz, níveis de clorofila, temperatura, tudo isso de acordo com a profundidade. Um pesquisador a bordo vai filtrar esta água e congelar o material a -80˚C para análise genética dos microorganismos presentes na coluna d’água. Para isso estão usando um CTD com uma rossette.

As 4 da tarde faremos um mergulho mais raso, que começará em 120 m e terminará em 70 m. Coletaremos amostras de corais com zooxantelas e eu medirei a resposta fotossintética destes organismos. Depois, usando uma serra copo, vou retirar uns plugs de cada coral e no laboratório do Rio iremos medir a clorofila das amostras, a microbiota associada bem como uma contagem de zooxantelas.

Com isso esperamos conhecer um pouco mais destes corais que conseguem fazer fotossíntese em regiões tão fundas.

Reader Comments

There are no comments for this journal entry. To create a new comment, use the form below.

PostPost a New Comment

Enter your information below to add a new comment.

My response is on my own website »
Author Email (optional):
Author URL (optional):
Post:
 
All HTML will be escaped. Hyperlinks will be created for URLs automatically.